28 de mar de 2011

QUADRIGÊMEOS

TUDO JUNTO E SEPARADO Por Joy Antabi Para revista Pais& Filhos Eu fiz uma viagem para o Brasil só com o Henri. Adoraria poder ter levado meus quatro filhos, mas foi impossível! Física e economicamente falando. Henri foi o escolhido, pois fomos para o Bar Mitzvah do meu sobrinho, uma festa judaica, superimportante para os meninos.Antes de tomarmos a decisão, Marcelo e eu conversamos com as crianças e explicamos a situação. Até daria para levar três, mas sentimos que as meninas não estavam tão empolgadas com a festa – e, sim, querendo ir só porque o Henri iria. Assim, a decisão de viajar sozinha com ele foi tomada sem culpa.As meninas ficaram um pouco tristonhas, mas cinco minutos foram suficientes para acabar com o bafafá da viagem! Prometi a elas que, nas minhas próximas visitas-relâmpago a São Paulo, eu as levaria separadamente. E que o critério da escolha seria comportamento.Tenho um amigo que também fez uma viagem sozinho com um de seus gêmeos e, assim como eu, amou e também recomenda! Paulo é pai do Gabriel e do Felipe, de 12 anos. Gabriel tem olhos claros, é loiro, estilo surfista, superinteligente, adora esportes e é o popular de sua turma. Felipe não vai tão bem nos estudos, detesta esportes, toca piano, é moreno, também é lindo, para mim mais lindo que o Gabriel, mas não chama tanto a atenção como seu irmão e se acha o patinho feio da casa. A viagem foi aconselhada pela psicóloga do colégio e foi superaprovada por toda a família, tanto que eles estão pensando em repetir a dose agora, viajando com a mãe!Não precisa ser psicóloga para saber que cada um precisa de um tempinho com o papai e a mamãe individualmente, e é claro que não é todo mundo que tem a facilidade de sair por aí viajando. Mas, com imaginação, tudo é possível.VOCÊ PODE, POR EXEMPLO, PASSAR UM DIA NA PRAIA COM ALGUÉM, ENQUANDO SEU MARIDO FAZ UM PROGRAMA COM QUEM FICA. ANDAR DE BICICLETA NO PARQUE, TOMAR UM SORVETINHO, BATER PERNA NO SHOPPING, VER O FILME PREFERIDO NA SUA CAMA... OS AVÓS TAMBÉM SÃO MILAGROSOS PARA ISSO, ESPECIALMENTE PORQUE SEMPRE TÊM UMA QUEDINHA POR ALGUM DELES, GERALMENTE POR AQUELE QUE MAIS PRECISA DE ATENÇÃO! Aqui em casa eu aproveito que meus filhos têm horários diferentes no colégio e vivo roubando um deles para fazer as coisas comigo! Eles adoram sair de filho único e eu mais ainda. O mais gratificante disso tudo é que, quando o passeio é de compras, o que vai comigo SEMPRE se lembra dos irmãos e me pede pra comprar algo que os outros gostam. Isso só me dá a certeza de que estou fazendo a coisa certa! Educando, individualizando e deixando que cada um cresça sozinho.É nossa obrigação deixá-los serem eles mesmos. Ressaltando sempre as qualidades individuais e mantendo-os sempre, e pra sempre, separadamente juntos!

Nenhum comentário: