5 de out de 2012

Pais também aprendem com os filhos

por Roberto Shinyashiki




"Quando você quiser dizer alguma coisa a sua filha, pergunte a si mesmo se ela está aberta para ouvir, se aquele é o melhor momento para conversar e, principalmente, se ela não tem uma proposta melhor que a sua"

Os filhos são mestres que a Existência nos envia para que tenhamos novas oportunidades de aprendizado e renovação.

O verdadeiro crescimento se dá quando pais e filhos estão abertos para o aprendizado, quando quem ensina sabe que, em sua tarefa, existe sempre a grande oportunidade da descoberta.

Não existe mais espaço para os donos da verdade!

Quantos pais destroem o relacionamento com os filhos por querer impor suas idéias o tempo todo e não consideram até que ponto essas idéias fazem sentido para eles?

Quando você quiser dizer alguma coisa a sua filha, pergunte a si mesmo se ela está aberta para ouvir, se aquele é o melhor momento para conversar e, principalmente, se ela não tem uma proposta melhor que a sua.
Apenas a abertura para o aprendizado e a postura de procurar a integração poderão criar um ambiente favorável em que as palavras dos pais serão ouvidas pelos filhos com o coração.
Conta uma história árabe que dois discípulos faziam suas preces, um deles numa ilha e o outro na margem de um rio. Este começou a ficar incomodado porque, ouvindo a oração do colega, percebeu que ele não estava pronunciando corretamente as palavras. Pegou então um barco e atravessou o rio. Quando chegou à ilha, disse:

As palavras certas da oração são Allá’u Alkabar, que significam “Deus é grande”. Como você está rezando não tem sentido. E, se continuar a pronunciar as palavras de modo errado, nunca conseguirá nada.

O outro agradeceu. Entrando em seu barco, o homem que trouxe o ensinamento começou a remar de volta, com o coração alegre pela boa ação que fizera. De repente, ouviu um chamado:

Ei, por favor, você pode me ensinar de novo as palavras corretas? Eu esqueci!

Ele olhou para trás e viu o outro discípulo caminhando sobre as águas, vindo em sua direção...

Quem ensinou a quem?

Muitas vezes nossa arrogância provoca a ilusão de que já sabemos tudo, atitude que nos faz perder a oportunidade de aprender algo importante para nossa vida.

Nenhum comentário: